Latest News

Shannen entre os maiores ícones da TV americana

A revista Entertainment Weekly elegeu os cem maiores ícones da televisão americana e Charmed Fan Fiction mostra alguns que também fizeram sucesso no Brasil.

Na última posição, mas com muita honra, ficou Marcia Cross, que atualmente interpreta a dona-de-casa com mania de perfeição Bree em "Desperate Housewives". Cross se destacou pela primeira vez na TV como a maluca Kimberly de "Melrose Place".

Em um posição um pouco melhor, 96ª, ficou Shannen Doherty, que fez sucesso como a Brenda de "Barrados no Baile" e, alguns anos mais tarde, como a Prue de "Charmed". Doherty também ganhou fama de encrenqueira depois de abandonar as duas séries.

Com a corda no pescoço: Shannen nunca termina o que começa

O tio Jess de "Full House" ficou com a 90ª posição da lista da Entertainment Weekly. John Stamos também pode ser visto na TV como o dr. Tony Gates de "E.R". Quem também atuou na veterana série médica e arrebatou o 37º lugar foi George Clooney. Antes de conquistar Hollywood como ator e diretor de cinema, Clooney era o complicado pediatra Doug Ross da emergência do County General.

Três personagens de desenhos animados também aparecem como ícones da TV. O engraçadíssimo Cartman de "South Park" em 84º, o amável Charlie Brown em 57º e o patriarca da famíia Simpson, Homer, em uma honrosa nona posição.

Barbara Eden, a eterna Jeannie da famosa série dos anos 60 "Jeannie é um Gênio" aparece em 69º. Com comentários sarcásticos e rudes sobre aspirantes a cantores, o jurado do reality show "American Idol", Simon Cowell, conquistou a 47ª posição. Sem ele, o programa líder de audiência nos Estados Unidos perderia metade da graça.

Na frente de Simon, em 46º, está Lassie. A cadela mais famosa do mundo teve várias adaptações para a televisão. A mais famosa estreou em 1954 na TV americana e durou 20 anos.

O mafioso Tony Soprano levou o 42º lugar. Por sua ótima atuação em "Família Soprano", James Gandolfini ganhou três vezes consecutivas o Emmy de melhor ator e um Globo de Ouro.

Calista Flockhart aparece como o ícone da telinha nº 49. Interpretando a neurótica e imaginativa advogada Ally McBeal, a atriz levou o Globo de Ouro em 1998 e conquistou em cheio o público feminino.

Calista como "Aly McBeal"

Em 40º lugar, a excelente Sally Field deixa seu nome como mais um ícone da TV. A atriz foi a imã Bertrille de "Noviça Voadora" nos anos 60, uma mulher com 16 personalidades no filme para a televisão "Sybil" e atualmente pode ser vista como a matriarca da família Walker em "Brothers & Sisters". Sally já tem três prêmios Emmy e dois Oscar na estante.

Na frente da consagrada Sally Field ficaram Jennifer Aniston (a Rachel de "Friends") em 39º, Sarah Jessica Parker (a estilosa e complicada Carrie de "Sex and the City") em 31º, Farrah Fawcett (a Jill de "As Panteras") em 26º e Heather Locklear (Amanda de "Melrose Place" e Caitlin de "Spin City") em 25º.

Sarah, a Carrie de "Sex and the City"

Para a alegria dos trekkies, William Shatner aparece merecidamente como o 18º ícone da televisão americana. O eterno capitão James Tiberious Kirk de "Jornada nas Estrelas" ("Star Trek") atua agora em "Justiça Sem Limite" como o advogado Danny Crane.

A primeira grande comediante mulher da televisão levou o segundo lugar. Lucille Ball era a dona-de-casa Lucy de "I Love Lucy", que estreou em 1957 nos EUA. Até hoje, a série é reprisada em vários canais ao redor do mundo.

Curioso para saber quem é o maior ícone da televisão americana? A medalha de ouro ficou com Johnny Carson, que por 30 anos apresentou o talk show "The Tonight Show" na rede NBC.
Postar um comentário

Charmed Séries News Designed by Templateism.com Copyright © 2014

Imagens de tema por Jason Morrow. Tecnologia do Blogger.