Latest News

5 Motivos para Amar Downton Abbey


Uma casa suntuosa onde a nobreza que a gente conhece dos romances e manchetes de revistas parece estar viva e tem seus hábitos revelados em detalhes. Assim é Downton Abbey, série da rede inglesa ITV que desde 2010 mexe com a nossa imaginação regada a contos de fadas.

Quem assiste está acostumado a um movimento de câmera muito peculiar do seriado: as cenas em que parecemos “espiar” o diálogo dos personagens por trás de uma janela ou coluna, como verdadeiros voyeurs. É exatamente assim que a gente se sente! Estamos lá, compartilhando a vida daqueles personagens como se eles existissem de verdade, e fossemos não só um público passivo mas pessoas privilegiadas em tomar parte da história.

Deu para perceber que eu adoro Downton Abbey, né? Pois aqui vai uma lista de motivos para você amar também.

1. OS SENTIMENTOS NÃO SÃO ÓBVIOS EM DOWNTON ABBEY 
Você conhece a sensação de saber exatamente o que os personagens vão dizer a seguir? Como naquelas cenas em que algum pirralho mimado nas séries americanas é contrariado, e você pode apostar que ele vai falar “Isso não é justo!”.
Bom, essa sensação não existe em Downton Abbey. Os sentimentos de lordes, ladies e de seus serviçais nunca são óbvios. Os diálogos são temperados com um humor sutil, e mesmo as discussões mais duras não são ásperas. Frieza? Muito pelo contrário! A atmosfera é carregada de emoções. Daí você vê a diferença que fazem bons atores e bons roteiristas. E ainda ganha uma aula de finesse à inglesa.

2. DOWNTON ABBEY NÃO É MANIQUEÍSTA 
É claro que o Bem e o Mal existem, mas você vai ver personagens bons fazendo coisas condenáveis e personagens maus salvando o dia – ainda que com alguns interesses inconfessáveis por trás, não é, Thomas Barrow?
Continuando o pensamento de que essa é uma série que não simplifica os relacionamentos não temos apenas o ponto de vista dos ricos e privilegiados, mas também os dramas dos empregados da casa que, às vezes, superam em intensidade os dos seus patrões.
Em Downton, valores contemporâneos não são atribuídos aos personagens. Eles são o que são e pensam como se pensava na época, e assim o público escapa da censura do “politicamente correto”. Ser autêntico aos fatos históricos é o maior valor dessa série e a gente pode dar graças por isso, porque Downton jamais resbala na mediocridade. O que nos leva ao próximo ítem…



3. UMA EXCELENTE RECONSTITUIÇÃO DE ÉPOCA 
Ah, não diga que você não ama aquela casa suntuosa, as cenas de grandes jantares e bailes, os empregados medindo a distância entre os pratos na mesa, o desfile de carros dos anos 20 e... Por Deus, os figurinos fantásticos!
Sim! Quantas vezes eu me vi desejando uma daquelas blusas de Lady Mary ou os vestidos de Lady Edith! A seda maravilhosa, os bordados delicados, quem não se sentiria linda e elegante nessas roupas? Só me faltaria um dos pretendentes de Lady Mary para dançar…
Ok, chega de futilidades (embora as séries de TV vivam delas).
Downton Abbey é uma aula de história. Vemos os principais fatos que marcaram o início do Século 20, como o naufrágio do Titanic e a Primeira Guerra Mundial, e depois disso a falência da antiga nobreza da Inglaterra que se recusou a aderir aos “novos tempos”. Acompanhamos as mudança nos costumes e a chegada da tecnologia (representada então por geladeiras, gramofones e batedeiras elétricas). E na vida da classe trabalhadora, com novas chances de emprego aparecendo para os empregados de Downton. O mundo passava por mudanças radicais naquele período, e elas fazem parte do roteiro da série.


4. ROMANCE! 
Não torçam o nariz, meninos! Ou vão dizer que se sentem satisfeitos com os relacionamentos ralos que a ficção contemporânea nos empurra? Em Downton torcemos por amores proibidos vencendo barreiras como o de Lady Sybill e Branson, suspiramos quando uma série de lordes bonitões disputa a atenção de Lady Mary, tememos pelo destino incerto de Bates e Anna, ficamos tristes com o azar no amor de Daisy e de Lady Edith.
Além dessas, há várias outras histórias paralelas de amor que nos mantém ligados, imaginando qual será o novo romance e o próximo desencontro.



5. CAVALHEIRISMO 
Ou poderia ser também sofisticação, boas maneiras, respeito, finesse... Downton é nossa aula da civilidade inglesa de cem anos atrás. Quando se supunha que homens devessem ser gentis com as mulheres (embora nem todos fossem), que a modéstia era uma virtude e que duas pessoas que não se gostam poderiam ser suficientemente respeitosas uma com a outra para tomarem chá juntas.

E você? Que motivos tem para amar Downton Abbey?



Imagens da Internet



Postar um comentário

Charmed Séries News Designed by Templateism.com Copyright © 2014

Imagens de tema por Jason Morrow. Tecnologia do Blogger.